Foi realizada a primeira fase do Estudo sobre a História da Indústria dos Mármores do Alentejo abrangendo o período entre 1850 e 1986, de modo a apresentar as várias dinâmicas pelas quais foi passando esta indústria bem como o espaço geográfico em que se foi desenvolvendo.

A investigação sobre a História da Indústria dos Mármores pretendeu demostrar como o domínio do conhecimento histórico, técnico, industrial e artístico de um determinado valor patrimonial pode sustentar a sua capacidade ou função cultural e turística com a reprodução da informação disponível. Neste caso envolvendo vários concelhos do Alentejo, onde o mármore tem ditado a História de homens e de técnicas transformando a paisagem na exploração do recurso.

 

Para a construção do Centro de Documentação e Informação sobre o Património e História da Indústria dos Mármores, o projeto contou com a participação de uma equipa multidisciplinar de investigadores nas áreas do Património, da História, da Arqueologia e da Sociologia, entre outras, enquadrados pelo Centro de Estudos de Cultura, História, Artes e Património (CECHAP) de Vila Viçosa. Contou ainda com a coordenação científica do Professor Doutor Daniel Alves, do Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa, a coordenação científica da Professora Doutora Luísa Tiago Oliveira, do Centro de Estudos de História Contemporânea do ISCTE, e a coordenação científica da Professora Doutora Ana Cardoso de Matos, do Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora.

 

De salientar que o projeto PHIM – Património e História da Indústria dos Mármores é cofinanciado pelo QREN, no âmbito Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) ao abrigo do Programa Operacional do Alentejo 2007-2013 – INALENTEJO, sendo a comparticipação financeira FEDER de 139 995,55 €, num investimento total da operação de 199 993,63 €.

 

 

Realidade Aumentada (Aplicação móvel)

DOWNLOAD

MÁRMORE, PATRIMÓNIO PARA O ALENTEJO: CONTRIBUTOS PARA A SUA HISTÓRIA (1850-1986)

Estudo da História da Indústria dos Mármores do Alentejo abarcando o período entre 1850 e 1986, de modo a apresentar as várias dinâmicas pelas quais foi passando esta indústria bem como o território que a foi acolhendo.

 

  1.  A indústria do mármore entre 1852 e 1986

     - As primeiras tentativas contemporâneas de regulamentação: de 1850 a 1892

     - A exploração do mármore na segunda metade de século XIX

      2. Um crescimento pontuado por crises: a indústria e os industriais do mármore no século XX

      3. Aspectos sociais e laborais na exploração das pedreiras de mármore

      - Trabalhadores e condições laborais nas pedreiras no final do século XIX

     - A organização sindical dos trabalhadores do mármore na segunda metade do século XX

      4. Património e paisagem da indústria do mármore

     - Técnicas e tecnologias ligadas ao mármore: uma viagem pela história

     - A exploração do mármore: da alteração da paisagem ao património industrial

 

Download

PARCEIROS